terça-feira, 5 de agosto de 2008

Meu cavalo alado


Queria ser diferente,há tanto para aprender, decidi mudar,viver cada dia,abrir os braços e voar bem alto...sem medo de cair...




Olhei, e procurei, procurava algo que me fizesse lembrar, algo que me desse vontade de continuar esta descoberta que é a minha vida, corri por entre campos folhas caídas, e lagos com agua cristalina,olhei, e vi o meu reflexo,será que aquela era mesmo eu, ou outro ser que se fingia de mim,então ouvi um vento suave que sossorrava o meu nome, olhei e vi aquele ser, que num só sorriso invocava toda a minha felicidade, então corri para perto dele e quando tentei tocar com a minha dócil mão na sua suave cara, ele esfumou-se e transformou-se num cavalo alado onde me sentei suavemente e cavalguei até as nuvens suaves que me consumiram e onde senti toda a felicidade.

14 comentários:

Mel disse...

voa sem medos, atinge o limite e concretiza os teus sonhos :) acima de tudo, vê-te como gostas de te ver no reflexo da água...

beijos*

Parapeito disse...

Muito bonito o teu cavalo alado...
Acredita que é possivel...pois assim é mais fácil conseguir...

Dias com brisas frescas**

Vanessa. disse...

Concretiza todos os teus sonhos e, para isso, voa bem alto, sem medo :)

Dois beijinhos minha querida. *

gota de água disse...

Liberta-te de todos os teus receios e voa bem alto! Sê feliz!

:)

um beijinu grande *.+

Ana Lourenço disse...

Gostei dos teus textos :$

catxinha disse...

Adoro este espacinho acolhedor. Gosto mesmo muito.
Um beijinho*

Pelos caminhos da vida. disse...

Primeira visita!

Quem me dera poder concretizar meus sonhos.


beijooo.

Patrícia disse...

Essa prosa fez-me lembrar um dos textos que já fi. Está bonito e o fim é realmente interessante. Tenho alguns blogs que gostaria que fizesse uma visita. Será um prazer receber mais uma pessoa a escrever bem.

Bjs =)

Patrícia disse...

Gostei da forma como escreveu. Tenho uma prosa que se identifica com a sua em alguns aspectos. Tenho alguns blogs que gostaria que visitasse. Será um prazer ter mais um comentário de alguém que escreve bem.

Bjs =)

Martinha disse...

fez-me sonhar :)

Shelly Webster disse...

Parabéns. Gostei muito do teu texto.

:D

O Profeta disse...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho


Mágico beijo

cαтια. disse...

=)

Unknown Artist disse...

Porque a vida tem de ser vivida assim,
sempre sem medo de cair!

=)